queimaduras

Graus de queimaduras – Cepelli

Publicado em 22 de dezembro de 2015

Como identificar o grau das queimaduras

Elas recebem essa classificação conforme a gravidade e a profundidade do ferimento. Quanto mais profunda a queimadura, maior o estrago.

 A de primeiro grau é superficial e causa apenas vermelhidão na pele, resultado da dilatação das veias – o que geralmente acontece quando tomamos muito sol.

Na de segundo grau, os vasos se dilatam mais e parte do líquido em seu interior escapa, provocando bolhas. Água ou gordura fervente sobre a pele – ou mesmo muita horas de exposição ao sol – podem causar esse tipo de queimadura.

Na de terceiro grau, parte do tecido chega a ser destruído e é atingida também a camada de gordura logo abaixo da pele: a hipoderme.

Há ainda as queimaduras de quarto grau, que atacam até os ossos e costumam acontecer em acidentes sérios como incêndios e explosões, que deixam a vítima carbonizada.

A gravidade de uma queimadura não depende da profundidade, mas também depende da extensão. Uma queimadura de segundo grau que pode atingir o corpo todo pode, ser muito pior do que uma de terceiro grau localizada na mão.

Cuidados necessários aos queimados

Cada tipo de queimadura requer um cuidado especial e específico, dependendo do agente causador (larvas, água-viva, urtiga, corrente elétrica, entre outros agentes) da extensão, e da profundidade dos ferimentos, porém de um modo geral, prestam-se os primeiros socorros, e em caso de necessidade encaminha-se a vítima a um posto de atendimento ou hospital.

queimaduras

queimaduras

A Clínica Cepelli oferece tratamento especializado em feridas e queimaduras.

Conheça nossa página no Facebook   Clique Aqui 

 

Voltar